sexta-feira, 30 de março de 2012

FLAMAS FURIOSAS

Flamas Furiosas (Fabio Terra)

Quero fósforo e gasolina,
Cruzar a ponte da melancolia.
Atear o fogo e esperar
A fúria ser consumida.

E enquanto olho para cima
Observo a cúpula noturna
Cheia de estrelas que se confundem
Com as flamas furiosas

Minha alma é libertada
O fogo é solto sem amarras
Cuspindo labaredas para o alto
Num salto soluço até virarem escuro

Quero fósforo e gasolina
Olhar a explosão repentina
Das flamas furiosas
Dançando pela minha retina

sexta-feira, 9 de março de 2012

DORES UM

Dores Um (Fabio Terra)

Eu acreditei em tudo que me disseram
E hoje minhas dores não são mais nenhum mistério.