quinta-feira, 13 de agosto de 2009

O GUARDA CHUVA.

O Guarda Chuva (Fabio Terra)

A chuva é de todo mundo.
Mas o guarda chuva é só meu!

2 comentários:

BAR DO BARDO disse...

Bom epigrama!

Valdir Alvarenga disse...

Oi, gostei muito do seu poema, como edito uma revista literária em Santos, gostaria muito de sua autorização para a publicação do mesmo. Caso positivo, te enviaremos um exemplar, fico no aguardo: mirantepoesias@hotmail.com