terça-feira, 26 de junho de 2012

ANTES QUE NOSSAS ASAS SE CANSEM

Antes que Nossas Asas Se Cansem (Fabio Terra)

Antes que nossas asas se cansem
Vamos nos dopar, flutuar
Virar nuvem no ar

Através dos baluartes do céu
A alva branda em céu de brigadeiro
"E Deus criou o vento
Pra pentear os seus cabelos"

Traz vento, a excitação!
E, vamos nos dopar
Flutuar
Virar nuvem no ar

2 comentários:

Michele Seron disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Michele Seron disse...

Essa poesia foi escrita e desenhada na cabeça desse cara que é F...!! por isso deixo aqui meu obrigada! Valeu!